Orientações

01 CONDIÇÕES PARA O ACOLHIMENTO

Para ser acolhida é necessário que a candidata:

a) decida, livremente, submeter-se ao acolhimento e ao programa terapêutico desenvolvidos pela Casa, pois o cumprimento das ações a estes relacionadas é voluntário.
b) tenha idade entre 18 (dezoito) e 59 (cinquenta e nove anos);
b) esteja em condições de saúde compatíveis com as atividades a serem realizadas no decorrer do acolhimento.

02 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

As Acolhidas não podem trazer nenhum objeto além dos relacionados no item 6 (Enxoval). Objetos de valor como alianças, anéis e adornos como piercings, não são permitidos.
Atendidas essas condições, os Acolhimentos são efetuados de segunda a quinta-feira, das 10h às 15h. O Acolhimento está condicionado à disponibilidade de vaga na Comunidade e à aceitação das regras de funcionamento da Casa.

03 PARA TODOS OS ACOLHIMENTOS

Consultar um médico da rede pública de saúde e solicitar um encaminhamento para o Acolhimento, em que  conste: nome completo da pessoa interessada (igual ao que consta do documento de identificação); avaliação médica (informar expressamente se ela está ou não grávida e se ela é portadora  ou não de alguma doença além da dependência química) com respectivo CID e a indicação do tratamento da dependência química em regime de acolhimento em comunidade terapêutica. Os exames abaixo relacionados são necessários para que o médico possa fazer o encaminhamento:

Hemograma Completo;
Tipo Sangüíneo;
DST em geral (HIV, VDRL e Hepatite C);
E. A. S.;
Teste Gravidez;
Toxicológico (se possível).

Conforme exigência da RDC nº 29/2011 da ANVISA e da Resolução CONAD nº 01/2015, é necessário que a Comunidade Terapêutica conheça as condições de saúde da futura Acolhida visando oferecer um acolhimento compatível com sua condição . Assim, faz-se necessário que a candidata ao Acolhimento traga consigo a Avaliação Diagnóstica/Laudo do Médico e os resultados dos Exames Laboratoriais supracitados.

É imprescindível que o Laudo Médico registre, expressamente, que a candidata está em condições físicas e mentais de submeter-se a um acolhimento na metodologia de Comunidade Terapêutica, de acordo com o estabelecido na RDC ANVISA nº 29/2011 e na Resolução CONAD nº01/2015, uma vez que a Comunidade Terapêutica não dispõe de atendimento médico.

04 PROVIDÊNCIAS OBRIGATÓRIAS

A família e/ou o responsável deverá arcar com as despesas das providências necessárias para o acolhimento.

Os Acolhimentos podem ser feitos de forma particular ou pelo "convênio" com a SEJUS ou SENAD. Quando for feita pelo "convênio", a família/responsável não arcará com as despesas mensais de acolhimento.

Quando o Acolhimento for particular, a primeira contribuição mensal de acolhimento deverá ser feita no ato da internação, e o seu valor deverá ser negociado na reunião dos familiares com a direção da CT que ocorre todas as segundas-feiras (das 19h30 às 21h) na Paróquia Nossa Senhora Consolata (procurar a casa Catequética). Endereço: Módulo C, Sgan 913, Asa Norte, Brasília.

Solicitar pelo e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. um mapa com as indicações de como chegar na Comunidade.

É recomendável que a candidata ao acolhimento e seus familiares assistam a uma primeira reunião na Paróquia Nossa Senhora Consolata, que acontece todas as segundas- feiras, das 19h30 às 21h.

05 PROVIDÊNCIAS OBRIGATÓRIAS QUANTO A MEDICAÇÃO

Para que a candidata possa tomar remédios durante o período do acolhimento, é necessário:

a) Prescrição médica legível, indicando a dosagem necessária da medicação e a duração do tratamento;
b) O(s) remédio(s) deverá(rão) ser comprado(s) pela família e entregue(s) junto com a receita no ato do Acolhimento;
c) A quantidade fornecida deve ser suficiente para, pelo menos, o primeiro mês de Acolhimento;
d) Deve ser solicitado ao médico prescrição de medicação para cólica menstrual, dor de dente, cefaleia, dores musculares, náuseas e vômitos.

06 ENXOVAL DE INTERNAÇÃO

A família deverá fornecer as roupas e os itens de limpeza que serão utilizados pela Acolhida durante o período de Acolhimento (enxoval).

As roupas e demais pertences da Acolhida deverão ser identificados com o nome da Acolhida (a identificação deve ser à prova d’água).

Não é permitida a troca nem doação de objetos pessoais, de higiene e roupas entre as Acolhidas; cada uma deve preservar aquilo que é seu.

Recomenda-se evitar a troca ou doação de objetos pessoais.

Todos os itens abaixo (Roupas pretas não são permitidas) devem ser entregues no dia do acolhimento:

07 pares de roupas intimas (calcinhas e soutiens)
03 calças jeans
03 calças leggings
02 agasalhos/casacos
02 calças de moleton
08 camisetas malha fria (grandes) sem estampa e em cores claras (verde, azul, amarelo, rosa, etc.)
03 Bermudas (na altura do joelho)
02 bonés/chapéu
02 pijamas (não podem ser curtos e nem cavados)
02 toalhas de banho
02 toalhas de rosto
01 Cobertor
02 jogos de roupa de cama (lençol, fronha e virol)
01 travesseiro
02 pares de chinelo de borracha
02 pares de tênis
01 par de sapatos
01 par de galochas
06 pares de meias
01 saboneteira transparente

07 MATERIAL DE LIMPEZA

2kg - SABÃO EM PÓ
3L - ÁGUA SANITÁRIA
3L - AMACIANTE
3 unid. SABÃO EM BARRA
10 unid. PAPEL HIGIÊNICO DE 60 METROS
1pct. TOALHA DE PAPEL P/ MÃOS
5 unid. SABONETE
2 unid. SHAMPOO
2 unid. CONDICIONADOR
1 unid. CREME PARA PENTEAR
4 pcts c/8 ABSORVENTE HIGIÊNICO NOTURNO
2unid. CREME PARA O CORPO
2 unid. DESODORANTE SEM ÁLCOOL TIPO ROLON
1 unid. ESCOVA DENTAL
1 und. FIO DENTAL
1 cx. COTONETES
4 unid. APARELHO DE BARBEAR DESCARTÁVEL
1 unid. BUCHA PARA BANHO
2 unid. CREME DENTAL
1 cx. BAND AIDS
1 pct. ALGODÃO

Siga-nos

Faça parte da nossa rede. Siga, curta e compartilhe essa ideia